"A Democracia e o fortalecimento do Estado de Direito são pilares fundamentais da integração regional".

Missão Ushuaia: atividades no Rotary Clube Jequié Cidade Sol


Na terça-feira (27/8), o Rotary Clube Jequié Cidade Sol, presidido por Wilma Stock, recebeu o documentarista jequieense Dado Galvão, idealizador da missão cultural e humanitária Ushuaia, que acompanha desde 2015, a situação político-social da Venezuela.

Galvão partilhou com os rotarianos sua trajetória como ativista e documentarista, relembrando produções passadas, Conexão Cuba-Honduras, Missão Bolívia, que segundo o realizador, são produções que ajudam a entender o que acontece atualmente na Venezuela. O documentarista falou da recente viagem que fez, disfarçado de padre para o país bolivariano e da situação de miséria vivida por refugiados venezuelanos que vivem nas ruas das cidades de Boa Vista e Pacaraima no estado de Roraima. 

O documentarista destacou que escreveu para o deputado federal Leur Lomanto, DEM/BA, (que possui domicilio eleitoral em Jequié/BA, membro titular da CREDN - Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional da Câmara dos Deputados), sugerindo que o parlamentar apresente requerimento na CREDN, convidando os membros da Missão Ushuaia, para externar na CREDEN, o trabalho realizado pela missão desde 2015, no exercício da cidadania MERCOSUL, com práticas culturais e humanitárias para tentar amenizar a diáspora vivenciada pelos venezuelanos. 

Missão Ushuaia, é formada pelos brasileiros Dado Galvão (documentarista), pelo paraibano Arlen Cezar (ativista e fotógrafo) e pelos venezuelanos Carlos Javier Arencibia (jornalista e escritor), Dubenson Eduardo Manzanilla (refugiado venezuelano que vive em Boa Vista/RR). Em julho de 2019, por unanimidade o plenário do PARLASUL (Parlamento do MERCOSUL), reconheceu Missão Ushuaia de interesse cultural e humanitário, declaração proposta pelo parlamentar argentino Humberto Benedetto.